sábado, 30 de dezembro de 2017

A JUSTIÇA LIVRE...

 A ESTRANHA JUSTIÇA INGLESA...
Quando é que a Justiça em Portugal é capaz de fazer um trabalho destes ?

Em 2003, o deputado inglês Chris Huhne foi apanhado num radar em alta velocidade.
Na época, a então mulher dele, Vicky Price, assumiu a culpa.
Chris Huhne and Vicky Pryce arriving at Southwark Crown Court earlier
O tempo passou e aquele deputado passou a Ministro da Energia, só que o seu casamento acabou.
Vicky Price decide vingar-se e conta a história à imprensa.
Como é na Inglaterra, Chris Huhne, Ministro, demite-se primeiro do ministério e depois do Parlamento.

ACABOU A HISTORIA?
Qual quê! Estamos em Inglaterra...
... E em Inglaterra é crime mentir à Justiça. Assim, essa mesma Justiça funcionou e sentenciou o casal envolvido na fraude do radar em 8 meses de cadeia para cada um e uma multa de 120 mil libras.
Segredo de Justiça? Nem pensar, julgamento aberto ao público e à imprensa.
Quem quis, viu e ouviu.
Segurança nacional? Nem pensar, infrator é infrator.
Privilégio porque é político? Nada!
E o que disse o Primeiro Ministro David Cameron quando soube da condenação do seu ex-ministro?
'É uma conspiração dos media para denegrir a imagem do meu governo?"
ou
"É um atentado contra o meu bom nome e dos meus Ministros"?
Errado. Esqueçam, nada disso!

O que disse o Primeiro Ministro David Cameron, não foi acerca do seu ex-ministro, foi sobre o funcionamento da Justiça.
E o que disse foi: 'É bom que todos saibam que ninguém, por mais alto e poderoso que seja, está fora do braço da Lei.'

Estes ingleses monárquicos são mesmo um bando de atrasados, não são...???

sábado, 16 de dezembro de 2017

RECONFORTANTE

Explicação reconfortante!

O Geriatra Alemão Dr. Michael Ramscar considera que:


" Afinal, os cérebros das pessoas mais velhas são lentos só porque elas sabem muito. As pessoas não declinam mentalmente com a idade. Os cientistas acreditam que elas apenas têm mesmo mais tempo para recordar fatos e acumulam muito mais informações nos seus cérebros. Muito parecido com o que acontece nos discos rígidos dos computadores quando ficam cheios, dificultando assim o tempo de acesso às informações pretendidas. Os investigadores dizem que esta desaceleração não é o mesmo que o declínio cognitivo. O cérebro humano funciona mais lentamente na velhice, disse o Dr. Michael Ramscar, mas apenas porque temos armazenadas mais informações. Com o tempo, o cérebro de pessoas mais velhas não fica mais fraco. Pelo contrário, elas simplesmente sabem mais.

Mesmo quando as pessoas mais velhas se esquecem do que iam fazer na outra dependência da casa, esse não é um problema de memória mas apenas uma forma da Natureza as obrigar a fazer mais exercício físico".
  
  

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

 FALTA MUITO PARA PRENDER BERARDO?
Imagine que contraiu um empréstimo para comprar casa ou carro. Imagine depois que por razões adversas deixou de poder cumprir escrupulosamente o pagamento das prestações. Que lhe acontece? Ora, a sequência será mais ou menos esta: é notificado dos atrasos. Começam a cobrar juros de mora. Pedem regularização rápida da dívida sob pena de execução judicial. Depois de vários avisos, informamque vão proceder à penhora por incumprimento. Se o débito persistir, executam e vai tudo a leilão. Quanto tempo demora isto? Ora, não mais de 1 aninho… Então como pode Joe Berardo ter mil milhões dos bancos a navegar na atmosfera sem ser processado, penhorado ou ir preso?
Tudo se explica facilmente quando estamos num país de corruptos onde empresários se prostituem com políticos com a maior cara de pau à vista de todos. Este é o nosso cancro que de tantas metástases já só com a morte do sistema conseguimos travar este declínio. De facto, é isto. A política em Portugal anda a matar a democracia desde 1974. Trouxe ao invés de liberdade, tirania dos governos que nos impuseram impostos pesadíssimos e austeridade severa para sustentar estes e outros gamanços criminosos.
Berardo e tantos outros  não são  mais do que o rosto visível desta desgraça em que nos mergulharam. A Fundação (duvidosa) que lidera deve mais de 990 milhões de euros e na CGD deve cerca de 500 milhões, na maior das descontracções como quem deve apenas um café na pastelaria da esquina. Aliás, sempre que vem seu nome à baila, as dívidas são sempre de vários milhões sem que isso chamusque sua imagem de empresário de sucesso(???). Mas anda tudo doidinho da cartola? Assim, qualquer nabo era um bem sucedido empresário , não?!
Ora é claro que para isto ser possível tem de haver gente por trás destes metralhas a protegê-los com unhas e dentes. Claro. Porque se eles caírem cai dezenas (quiçá centenas) de energúmenos iguais que vivem criminosamente à conta dos nossos impostos. Daí o milagre impensável da união das 3 esquerdas de Portugal em boicotar e consequentemente ARQUIVAR o inquérito à CGD que pretendia tão somente clarificar, sinalizar e condenar os responsáveis pelo buraco gigantesco que certos devedores mergulharam este banco público. Que por esse facto só teve detransferir do Estado 5 mil milhões para tapar prejuízos das imparidades. Mas andamos a gozar com a cara dos contribuintes? Quem era que berrava contra estas práticas e jurava ser contra os banqueiros? O BE e PCP. Que fizeram assim que formaram aliança com PS? Aprovaram a eliminação de provas contra quem roubou a CGD. Isto faz sentido? Faz. Porque há segredos que não querem que sejam revelados, logo, comungam das mesma práticas totalitárias de um regime que há muito deixou de ser democrático.
O arquivamento à CGD é a maior prova de que estamos perante gente que se serve do Estado em vez de o servir como é seu dever. Depois de ser conhecido que o caso seguiria para o Supremo, PS, BE e PCP, imediatamente encerraram a comissão de inquérito de forma compulsiva, antes ainda da decisão, sabendo que assim, não poderia este Tribunal se pronunciar por extinção da… comissão! Brilhante! Nicolás Maduro, esse prepotente ditador, ao pé desta gente é um menino.
Joe Berardo nem é processado nem vai preso porque tal como outros que por aí vagueiam está bem protegido. Fez um acordo para reestruturação da dívida com o BCP, CGD e Novo Banco em 2009 no qual reforçou garantias com a entrega de direitos sobre 75% da sua fundação que detinha a colecção de Arte Moderna exposta no CCB (opa… deixem-me rir…). Porém, quando o bancos quiseram executar por novo incumprimento (tadinhos destes “meninos banqueiros ingénuos”) esbarraram (jura???) com um acordo existente com o Estado para a exibição das obras no CCB, válido por 10 anos em que foi dado garantia ao Estado não existir nenhuma penhora sobre as ditas obras, impedindo assim a execução bancária. Só 40% deste crédito é da CGD. Bonito, não? Acreditam mesmo na “inocência” bancária desta gente? Naaa…
Berardo continua livre porque a democracia há muito que morreu por estas bandas. Simples

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

O TEMPO

       [A CONTA DO TEMPO]


Deus nos deu do tempo estreita conta,
É preciso dar conta a Deus do tempo;
Mas, como dar sem tempo, tanta conta,
Se se perde sem conta, tanto tempo...

Para fazer a tempo a minha conta
Dado me foi por conta muito tempo;
Mas não cuidei do tempo e foi-se a conta,
Eis-me agora sem conta, eis-me sem tempo.

Ó vós, que tendes tempo e tendes conta,
Não o gasteis sem conta, em passatempo,
Cuidai enquanto é tempo em terdes conta;

Ah!, se quem isto conta do seu tempo,
Tivesse feito a tempo, apreço e conta,
Não chorava sem conta, o não ter tempo.


      (Autor anónimo do séc. XVII)

domingo, 10 de dezembro de 2017

A TERCEIRA IDADE

Explicação reconfortante!
 No concernente a caducidade das chamadas “Pessoas da Terceira Idade”, os Geriatras explicam que é uma etapa da vida que varia conforme a cultura e desenvolvimento da sociedade em que tais pessoas vivem. Por exemplo, em países classificados como em vias de desenvolvimento, alguém é considerado da "Terceira Idade" a partir dos 60 anos. No entanto a Geriátrica ou Geriatria, ramo da medicina que foca o estudo, a prevenção e as principais ocorrências na pessoa idosa, considera que somente após alcançar 75 anos a pessoa é considerada de "Terceira Idade". Nessa idade as pessoas têm habilidades regenerativas limitadas. As mudanças físicas e emocionais expõem a perigo a qualidade de vida dos idosos.
 O Geriatra Alemão Dr. Michael Ramscar considera que:

" Afinal, os cérebros das pessoas mais velhas são lentos só porque elas sabem muito. As pessoas não declinam mentalmente com a idade. Os cientistas acreditam que elas apenas têm mesmo mais tempo para recordar fatos e acumulam muito mais informações nos seus cérebros. Muito parecido com o que acontece nos discos rígidos dos computadores quando ficam cheios, dificultando assim o tempo de acesso às informações pretendidas. Os investigadores dizem que esta desaceleração não é o mesmo que o declínio cognitivo. O cérebro humano funciona mais lentamente na velhice, disse o Dr. Michael Ramscar, mas apenas porque temos armazenadas mais informações. Com o tempo, o cérebro de pessoas mais velhas não fica mais fraco. Pelo contrário, elas simplesmente sabem mais.
Mesmo quando as pessoas mais velhas se esquecem do que iam fazer na outra dependência da casa, esse não é um problema de memória mas apenas uma forma da Natureza as obrigar a fazer mais exercício físico"
 Eu sei que tenho mais amigos a quem deveria mandar isto mas, de momento, não consigo recordar os respectivos endereços. Por isso, agradeço que o enviem aos vossos amigos. Quem sabe, eles também são meus amigos...

CONSELHOS CONTRA A GRIPE

Assunto:  Gripe: a saber

Segundo os jornais, vamos ter um surto de gripe lá para meados de Fevereiro.   
Assim, reenvio esta recomendação/aviso que recebi hoje e que vou seguir escrupulosamente.

Prevenção natural da gripe

O Dr. Vinay Goyal, urgentista reconhecido mundialmente, diretor de um departamento de medicina nuclear, tiroídica e cardíaca, pede para se divulgar a mensagem abaixo para o maior número de pessoas possível, a fim de contribuir para minimizar o número de casos da Gripe A, causada pelo vírus H1N1.

"As únicas vias de acesso para o vírus da gripe são as narinas, a boca e a garganta. Em relação 
a esta epidemia tão massivamente propagada, apesar de todas as precauções, é praticamente impossível não estar em contacto com portadores do vírus que a promove.  
Contudo, alerto para o seguinte: 
> o problema real não é tanto o contacto com o vírus, mas a sua proliferação. 
Enquanto estamos em boa saúde e não apresentamos sintomas de infecção da gripe A (H1N1), 
há precauções a serem tomadas para evitar a proliferação do vírus, o agravamento dos sintomas e o desenvolvimento das infecções secundárias. 
Infelizmente, estas precauções, relativamente simples, não são divulgadas suficientemente na maior parte das comunicações oficiais.

(Porque será? Por ser barato demais e..., não haver lucros ?)

Eis algumas precauções:

1. Como mencionado na maior parte das publicidades, lave as mãos frequentemente.

2Evite, na medida do possível, tocar no rosto com as mãos.

3Duas vezes por dia, sobretudo quando esteve em contato com outras pessoas, ou quando chegar em casa, faça gargarejos com água morna contendo sal de cozinha.
Decorrem normalmente 2 a 3 dias entre o momento em que a garganta e as narinas são infectadas e o aparecimento dos sintomas. Os gargarejos feitos regularmente podem prevenir a proliferação do vírus.
De certa maneira, os gargarejos com água salgada têm o mesmo efeito, numa pessoa em estado saudável, que a vacina sobre uma pessoa infectada.
Não devemos subestimar este método preventivo simples, barato e eficaz. 
NB.: Os vírus não suportam a água morna contendo sais.

4. Ao menos uma vez por dia, à noite, por exemplo, limpe as narinas com a água morna e sal.  Assoe o nariz com vigor, e, em seguida, com um cotonete (ou um pouco de algodão) mergulhado numa solução de água morna com sal, passe nas duas narinas.  Este é um outro método eficaz para diminuir a propagação do vírus.
O uso de potes nasais para limpeza das narinas, contendo água morna e sal de cozinha, é um excelente método para retirar as impurezas que albergam os vírus e bactérias; trata-se de um costume milenar, da Índia.

5Reforce o seu sistema imune comendo alimentos ricos em vitamina C.
Se a vitamina C for tomada sob a forma de pastilhas ou comprimidos, assegure-se de que contem Zinco, a fim de acelerar a absorção da vit.C.

6Beba tanto quanto possível bebidas quentes (chás, café, infusões, etc.).
As bebidas quentes limpam os vírus que se encontram depositados na garganta e em seguida depositam-se no estômago onde não podem sobreviver, devido ao pH local ser ácido, o que evita a sua proliferação."
Será uma grande contribuição se você fizer chegar esta mensagem ao maior número de pessoas possível. Você prestará um serviço de grande utilidade pública, ajudando no combate desta gripe que já dizimou tantas pessoas.




 








 

-- 


NÃO SEJAS CAMIÃO DO LIXO

"Lei do Camião do Lixo"
Um dia apanhei um taxi para o aeroporto.
Seguíamos na faixa correcta, quando, de repente, um carro preto saiu do estacionamento na nossa frente. 
O taxista travou bruscamente, deslizou e escapou de bater no outro carro. Foi por um triz!
O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós nervosamente.
Mas o taxista apenas sorriu e acenou-lhe, fazendo um sinal de positivo. E ele fê-lo de maneira bastante amigável.
Indignado perguntei-lhe: 'Porque é que fez isso? Aquele sujeito quase nos batia e, por pouco, mandáva-nos para o hospital!'
Foi quando o motorista do taxi me ensinou o que eu agora chamo de: "A Lei do Camião do Lixo."
Explicou-me que muitas pessoas são como camiões do lixo.
Andam por aí carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, traumas e desilusões.
À medida que as suas pilhas de lixo crescem, elas precisam dum lugar para descarregar, e, às vezes, descarregam sobre nós.
Nunca leve isso a peito.
Não é o seu problema! É o dele!
Simplesmente sorria, acene, deseje-lhes sempre o bem, e siga em frente.
Não fique com o lixo dessas pessoas, nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, EM CASA, ou nas ruas.
Fique tranquilo... respire fundo E DEIXE A “PESSOA DO LIXO” PASSAR.
O princípio que se retira disto é que, "pessoas felizes não deixam os camiões do lixo estragarem o seu dia."
A vida é muito curta, não transporte lixo consigo!
Limpe os sentimentos ruins, os aborrecimentos do trabalho, as picuinhas pessoais, os ódios e as frustações. 
Ame as pessoas que o(a) tratam bem. E trate bem as que o não fazem.

A vida é dez por cento daquilo que faz dela, e noventa por cento da maneira como a recebe!
Tenha um bom dia, e lembre-se! Livre-se dos lixos!

sábado, 9 de dezembro de 2017

ESFOLAR A CLASSE MÉDIA

 Diálogo entre Colbert e Mazarino
Diálogo entre Colbert e Mazarino durante o reinado de Luís XIV, na peça teatral Le Diable Rouge, de Antoine Rault:
Colbert: Para arranjar dinheiro, há um momento em que enganar o contribuinte já não é possível. Eu gostaria, Senhor Superintendente, que me explicasse como é possível continuar a gastar quando já se está endividado até o pescoço…
Mazarino: Um simples mortal, claro, quando está coberto de dívidas, vai parar à prisão. Mas o Estado é diferente!!! Não se pode mandar o Estado para a prisão. Então, ele continua a endividar-se… Todos os Estados o fazem!
Colbert: Ah, sim? Mas como faremos isso, se já criamos todos os impostos imagináveis?
Mazarino: - Criando outros.
Colbert: - Mas já não podemos lançar mais impostos sobre os pobres.
Mazarino: Sim, é impossível.
Colbert: E sobre os ricos?
Mazarino: Os ricos também não. Eles parariam de gastar. E um rico que gasta faz viver centenas de pobres.
Colbert: Então, como faremos?
Mazarino: - Colbert! Tu pensas como um queijo, um penico de doente! Há uma quantidade enorme de pessoas entre os ricos e os pobres: as que trabalham sonhando enriquecer e temendo empobrecer. É sobre essas que devemos lançar mais impostos, cada vez mais, sempre mais! Quanto mais lhes tirarmos, mais elas trabalharão para compensar o que lhes tiramos. Formam um reservatório inesgotável. É a classe média

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

DE QUEM É A CULPA?

A CULPA

A culpa é do pólen dos pinheiros
Dos juízes, padres e mineiros
Dos turistas que vagueiam nas ruas
Das 'strippers' que nunca se põem nuas
Da encefalopatia espongiforme bovina
Do Júlio de Matos, do João e da Catarina
A culpa é dos frangos que têm HN1
E dos pobres que já não têm nenhum
A culpa é das prostitutas que não pagam impostos
Que deviam ser pagos também pelos mortos
A culpa é dos reformados e desempregados
Cambada de malandros feios, excomungados,
A culpa é dos que têm uma vida sã
E da ociosa Eva que comeu a maçã.
A culpa é do Eusébio, que já não joga a bola,
E daqueles que não batem bem da tola.
A culpa é dos putos da casa Pia
Que mentem de noite e de dia.
A culpa é dos traidores que emigram
E dos patriotas que ficam e mendigam.
A culpa é do Partido Social Democrata
E de todos aqueles que usam gravata.
A culpa é do BE, do CDS, do PS e do PCP
E dos que não querem o TGV
A culpa até pode ser do urso que hiberna
Mas não será nunca de quem governa.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

O PINGUIM E A CATATATUA

Atrás da cofragem LVI

A seca e os ecossistemas
- Olha, Pinguim! Este poço também já secou! E agora?!
- Secou? A nascente tem estado muito fraca, Catatua! A minha avó já me tinha avisado!
- E como é que vamos regar as couves? Vamos andar com cântaros à cabeça como fazia a tua avó?!
- Não! Vamos ao poço do laranjal grande com o tractor do meu avô. Mas espero que amanhã haja uma pinga de água no fundo para as couves não morrerem à sede!
- Não acredito muito nisso, Pinguim! O poço já secou! Não tem pinga de água!
- Estamos desgraçados! A minha avó não quer crer!
- Não me digas que a tua avó também diz que o governo é que tem culpa da seca!
- Pois tem, Catatua! Eu penso que a minha avó tem razão!
- Então, agora, o governo é que manda nas nuvens, no sol, na chuva e no vento? Essa não lembra ao diabo!
- Tu tens a memória muito curta, Catatua!
- Memória curta?! Talvez! Já não me lembro muito bem da última vez que choveu a sério! Mas isso já foi há muito tempo!
- Já te esqueceste do que aconteceu neste Verão?
- Neste Verão?! Não sei aonde queres chegar, Pinguim!
- Ainda não percebeste porque é que o ar está seco e as nuvens não aparecem?
- Tu querias que chovesse no Verão?!
- Nada disso, Catatua! O que eu queria é que não houvesse incêndios!
- Também eu e toda a gente! Então, a culpa da seca é dos incêndios? Secaram o ar?
- Secaram tudo, Catatua! Mataram as árvores!
- O ambiente sofreu muito, Pinguim! Isso é verdade! Mas ainda escaparam muitas árvores!
- Tu sabes há quantos anos as nossas florestas são reduzidas a cinza, no Verão?!
- Não ardeu tudo e muitas árvores voltaram a crescer!
- Nunca ouviste falar dos ecossistemas e da importância das árvores para o ambiente?
- Ecossistemas?! Ouvi falar disso na escola, Pinguim! Mas já não me lembro!
- Pois é! Precisas de voltar a estudar essa matéria, Catatua!
- Tu pensas que eu não sei qual é a importância das árvores na natureza?!
- A natureza é muito complicada e os ecossistemas também! Não arderam só pinheiros e eucaliptos!
- Isso toda a gente sabe, Pinguim! Também arderam aroeiras, carrasqueiros, carrapiteiros, troviscos, mato!
- E os animais?! Há mais animais numa floresta do que tu pensas.
- Já estou a ficar baralhado! Ias a falar da importância das árvores ou dos animais?!
- Os ecossistemas têm isso tudo e muito mais e tudo deve estar em equilíbrio: a terra, as pedras, as árvores, os animais, o ar, a água! Tudo!
- Ah! É isso da cadeia alimentar, dos parasitas e dos carnívoros que comem os herbívoros e…
- Parasitas?! Isso é na política! Na política é que há parasitas! Na natureza há simbiose entre animais e plantas!
- Simbiose? Então o musgo não chupa a seiva das árvores como certos políticos que nos sugam até aos ossos?
- O musgo também é bom para a árvore porque protege e guarda a humidade do ar.
- Já não me estou a entender com isto! O que é que isso tudo tem a ver com a seca?
- Se destruirmos algumas destas coisas do ecossistema todo o ambiente sofre as consequências, Catatua!
- O fogo queima tudo, Pinguim! Não queima só algumas coisas! Onde passa o fogo, só fica cinza!
- Fica um rasto de morte. A terra fica feita num cemitério!
- Eu sei! E é por isso que temos seca?
- As árvores e as outras plantas são muito importantes para o ecossistema, Catatua!
- Ah! Dão frutos e servem para os pássaros fazerem o ninho. Não é?!
- Mais do que isso! Quando respiram lançam vapor de água na atmosfera. Quanto mais árvores houver mais humidade existe no ar.
- Então as árvores é que fazem chover?!
- Eu não tenho dúvidas! Quanto mais humidade houver, mais possibilidade há de chover!
- Isso não é bem assim! As árvores não mandam nas nuvens! Isso é treta!
- Uma árvore, só, não vale muito num ecossistema, mas milhões de árvores e outras plantas…
- Mas porque é que o governo tem culpa da seca?! A tua avó inventa cada uma!
- Não é o governo que deve cuidar do país e proteger o património natural e ambiental e os ecossistemas?!
- O governo só anda preocupado com o défice, Pinguim!
- Uma grande aldrabice, Catatua! Só se preocupa em aumentar os impostos! Agora queria pôr mais uma taxa nas batatas fritas!
- O sal a mais pode fazer muito mal à saúde! Morre muita gente por causa disso!
- Uns miligramas de sal a mais fazem muito mal à saúde! Não é?! Mas o inferno dos fogos, todos os anos, não tem importância nenhuma!
- Este ano foi impossível! O calor foi demais!
- Porque o mal já vem detrás, Catatua! Qualquer dia temos o país transformado num deserto, seco, árido e sem vida!
- Oh! Estás muito preocupado?! Com boas praias e muito calor! O governo diz que vai ser bom para o turismo!
- E depois comem areia e gafanhotos?! Põe os pés na terra, Catatua!
- Temos que pensar no melhor! Temos que ser optimistas, Pinguim!
- Optimistas sem chuva, sem árvores, sem o verde da natureza, sem animais e com calor escaldante no Verão e frio de rachar no Inverno?! Fica lá com o teu optimismo!